Acessibilidade
Adobe
Entrar Privacidade Minha Adobe

Título

Notas da versão do Flash Player 11 e AIR 3: 10/04/11Produtos afetados

Versões de tempo de execução
Novos recursos no Flash Player 11 e no AIR 3
Problemas conhecidos
Autoria no Flash Player 11
Autoria no AIR 3
Requisitos de sistema
Relato de problemas

4 de outubro de 2011. Bem-vindo ao Adobe® Flash® Player 11 e Adobe® AIR® 3! Esta versão inclui novos recursos, bem como aprimoramentos e correções de bugs relacionados a segurança, estabilidade, desempenho e compatibilidade com dispositivos. Este documento poderá ser atualizado periodicamente à medida que mais informações se tornarem disponíveis. 

Versões de tempo de execução

  • Flash Player Desktop: 11.0.1.152
  • Flash Player Android: 11.0.1.153
  • AIR Desktop e Android: 3.0.0.408
  • AIR SDK (inclusive AIR for iOS):  3.0.0.4080

Novos recursos no Flash Player 11 e no AIR 3

Renderização acelerada de gráficos Stage 3D (Player e AIR desktop + AIR for TV) — Stage 3D é uma nova arquitetura para renderização acelerada de gráficos por hardware desenvolvida que fornece um conjunto de APIs de baixo nível que ativam recursos avançados de renderização 2D e 3D em telas e dispositivos (desktop, móvel e TV). Usando Stage 3D, os desenvolvedores de aplicativos e estruturas agora podem acessar a aceleração de alto desempenho por hardware de GPU, o que permite a criação de novas classes de experiências ricas e interativas. Observação: o Stage 3D para versões móveis do Flash Player e do AIR será ativado em uma versão futura.

Aprimoramentos à proteção de conteúdo do Flash Access — Os novos recursos de proteção de conteúdo do Flash Access incluem suporte a rotação de chaves, encadeamento de licenças V3, suporte a domínio e proteção à saída e filtragem de dispositivos aprimoradas. 

Fluxo dinâmico de HTTP (HDS) protegido — O Fluxo dinâmico de HTTP (HDS) protegido fornece proteção para fluxo contínuo de vídeo entre telas, ao mesmo tempo que elimina a complexidade da implantação de um servidor de licenças. 

NetStream.dispose() — Semelhante ao NetStream.close() com a exceção de também limpar o último quadro contido em NetStream para exibição no objeto Vídeo. Use-o em vez de NetStream.close() se for preciso reutilizar o NetStream posteriormente em outros fluxos. Ele impõe a coleta de lixo do quadro de vídeo e de objetos de decompactador relacionados. O objeto de vídeo exibirá um quadro em branco após o uso deste método.

Codificação de software H.264/AVC para câmeras (desktop) — Gere o fluxo de vídeo de alta qualidade da câmera do computador com maior eficiência na compactação e suporte aos padrões do setor, o que permite tanto a comunicação imersiva em tempo real, como bate-papo por vídeo/conferência, quanto transmissões de vídeo ao vivo.

Suporte a JPEG-XR — Agora o Flash Player e o AIR incluem suporte ao padrão avançado JPEG-XR de compactação de imagens (Padrão internacional ISO/IEC 29199-2). O formato JPEG-XR, computacionalmente leve, fornece compactação mais eficiente do que o JPEG, habilita o suporte tanto à compactação com quanto sem perda e adiciona suporte à transparência de canal alfa.

Suporte aprimorado a bitmat de alta resolução — Objetos BitmapData não estão mais limitados a uma resolução máxima de 16 megapixels (16.777.215 pixels) e a largura/altura máxima do bitmap não se limita mais a 8.191 pixels, o que permite o desenvolvimento de aplicativos que usam bitmaps muito grandes.

Suporte à compactação SWF altamente eficiente — Agora os desenvolvedores podem aproveitar a compactação LZMA em seus arquivos SWF. A compactação LZMA pode reduzir o tamanho de arquivos SWF em até 40%, o que permite aos usuários se beneficiarem de experiências aprimoradas com tempos de download mais curtos e consumo de largura de banda reduzido.

Compactação de áudio G.711 para telefonia — Interoperabilidade de suporte com sistemas telefônicos legados por meio do Flash Media Gateway (FMG) e de outros clientes de terceiros (por meio do protocolo aberto RTMP), sem a necessidade de transcodificação.

Suporte a JSON (JavaScript Object Notation) nativo — Permite aos desenvolvedores de ActionScript aproveitar a análise nativa de alto desempenho e a geração de dados formatados em JSON.

Aviso de coleta de lixo — Proporciona experiências de usuário mais suaves e responsivas por permitir aos desenvolvedores fornecer dicas para otimizar a programação de coleta de lixo.

Curvas cúbicas de Bezier — A API de desenho cubicCurveTo permite aos desenvolvedores criar facilmente Beziers cúbicas complexas sem a necessidade de código ActionScript personalizado.

Gerador de número aleatório seguro — Agora os desenvolvedores podem aproveitar a geração de números aleatórios criptograficamente seguros para criar algoritmos e protocolos mais seguros.

Eventos de progresso de soquete — Melhore o gerenciamento da transferência de dados usando a classe Socket fornecendo uma nova propriedade para determinar o número de bytes restantes no buffer de gravação e um novo evento para quando os dados estão sendo enviados para a camada da rede. Usando essas novas APIs, os desenvolvedores podem criar aplicativos como utilitários para transferência de arquivos que monitorem o progresso dos soquetes e forneçam feedback responsivo.

DisplayObjectContainer.removeChildren e MovieClip.isPlaying — DisplayObjectContainer agora implementa uma API removeChildren, o que permite aos desenvolvedores remover rapidamente todos os níveis secundários de um contêiner usando uma única chamada à API.Uma nova propriedade MovieClip.isPlaying retorna o estado de reprodução do MovieClip atual.

Sound.loadCompressedDataFromByteArray e  Sound.loadPCMFromByteArray — Os desenvolvedores podem agora injetar dados de som PCM compactados ou brutos em um objeto de Som para reproduzir sons.

Novos recursos do Flash Player 11


Suporte nativo a 64 bits (Flash Player desktop)
— Aproveite o suporte nativo para sistemas operacionais de 64 bits e navegadores da Web de 64 bits no Linux, Mac OS e Windows.

Decodificação assíncrona de bitmap (novo no Flash Player) — Aumente a capacidade de resposta dos aplicativos e ofereça animação mais suave decodificando imagens no carregamento inicial em vez de fazê-lo por demanda. As imagens são armazenadas em cache, conforme necessário.

Suporte a soquetes seguros TLS (novo no Flash Player) — Permite a comunicação segura para aplicativos cliente/servidor.

Novos recursos no AIR 3


Extensões nativas
— Bibliotecas de extensões nativas permitem aos desenvolvedores criar e usar bibliotecas nativas que podem ser invocadas com o uso do ActionScript. Essas bibliotecas permitem aos desenvolvedores do ActionScript aproveitar a mesma plataforma e os recursos e APIs nativos específicos aos dispositivos disponíveis para aplicativos nativos, com fácil integração em aplicativos AIR. Além disso, as extensões nativas podem ser usadas para código crítico ao desempenho ou para o porte de bibliotecas nativas existentes, como decodificadores de imagens para uso em um aplicativo AIR. 

Suporte à proteção de conteúdo do Flash Access para AIR Mobile — O suporte à proteção de conteúdo do Flash Access agora está disponível em dispositivos móveis, que incluem smartphones e tablets com a tecnologia Android. Além disso, a proteção de conteúdo agora conta com suporte em dispositivos tablet com a tecnologia BlackBerry® Tablet OS. Observação: no momento, o suporte não se estende ao Flash Access para iOS. Além disso o, Flash Access para Flash Player Android não é suportado no momento. 

Armazenamento local criptografado para dispositivos móveis — O suporte para armazenamento local criptografado está disponível agora em dispositivos móveis. Os aplicativos podem armazenar dados confidenciais de forma mais segura no dispositivo de um usuário, permitindo suporte para armazenamento de dados confidenciais, como senhas, certificados e informações de auditoria.

Suporte a tempo de execução cativo — Este recurso popular do AIR for iOS agora está disponível no AIR para desktop, Android e TV. Simplifique o processo de instalação de um aplicativo e reduza o custo de teste/certificação empacotando o tempo de execução do AIR com seu aplicativo no Windows, Mac, Android e TVs. 

Aceleração por hardware do vídeo do palco (AIR Mobile) — Aproveite a aceleração por hardware de toda a produção de vídeo para proporcionar eficientes experiências superiores de reprodução de vídeo (HD) de alta definição. Reduza o uso do processador e possibilite vídeo mais suave, reduza o uso de memória e aumente a fidelidade em dispositivos móveis (com suporte em Android 3.1, BlackBerry Tablet OS e iOS) e de TV. 

Suporte à reprodução de H.264/AAC (AIR for iOS) — Permita a reprodução de H.264 e AAC no iOS ao usar a Aceleração por hardware do vídeo do palco. Este recurso requer que o vídeo seja entregue por download progressivo ou HLS. Não há suporte para RTMP devido a limitações da plataforma.

Suporte a câmera voltada para a frente (AIR for Android) — O suporte para câmera voltada para a frente disponível no AIR for iOS e BlackBerry Tablet OS agora está disponível em dispositivos Android. Aproveite a câmera voltada para a frente para ajudar os usuários a se conectarem com experiências de conferência e bate-papo com vídeo enriquecido em smartphones e tablets.

Suporte à reprodução de áudio em segundo plano (AIR for iOS) — Os desenvolvedores agora podem programar aplicativos multitarefa para iOS que podem reproduzir áudio em segundo plano, como aplicativos de música ou aplicativos confiáveis de conferência de voz com suporte a multitarefa.

Controle de alto-falante de dispositivo móveis (AIR for iOS e Android) — Proporciona aos desenvolvedores a capacidade de selecionar se o áudio deve provir do alto-falante do telefone ou do alto-falante externo.

Intensidade de cor de 16 e 32 bits — Fornece uma configuração de descritor de aplicativo para que os desenvolvedores possam controlar a intensidade de cor de elementos gráficos no Android (16 e 32 bits) para renderMode=cpu/auto. O AIR 2.7 e espaços de nome mais antigos assumirão a cor de 16 bits como padrão, enquanto o AIR 3.0 e espaços de nome mais novos assumirão a de 32 bits.

API controladora de jogos (AIR for TV) — Permite aos desenvolvedores criar aplicativos para TV que podem se comunicar com dispositivos de entrada de jogos acoplados, como um gamepad ou varinha de controlador. Observação: este recurso ainda não está disponível no AIR para desktop ou dispositivos móveis. 

Problemas conhecidos

Stage 3D

  • Mac: no Mac OS X, a renderização acelerada por hardware não é compatível com placas Intel GMA, ATI Radeon x1600 e ATI Radeon 2400.
  • O Stage3D usa a GPU integrada no MacBook Pro com processadores Intel i7 ou i5 (2943979).
  • Não há suporte para a renderização acelerada por hardware em chipsets VIA.

Soquetes seguros (TLS) e arquivos de política de soquete seguro:

  • O Linux não contém certificados de navegador comuns às plataformas Mac e Windows, necessários para que os Arquivos de política segura e TLS funcionem sem interrupções (2827902).
  • CRL no formato DER conta com suporte no MAC; CRL no formato PEM não conta com suporte.

Flash Player para Android

  • Fluxos Speex com a propriedade ns.bufferTime definida com um valor diferente de zero enfrentam um atraso de 4-5 segundos quando iniciados (2884740).
  • Devido a um bug relacionado ao decodificador de AAC por hardware no Samsung Infuse e no Epic 4G, o áudio é reproduzido a uma fração da velocidade pretendida (2884721).

AIR for iOS

  • Quando um aplicativo que está transmitindo um fluxo ao vivo de uma câmera e reproduzindo ao mesmo tempo é reiniciado após um bloqueio da tela, ele permanece congelado no quadro em que estava quando o telefone foi bloqueado.(2875954)

Flash Access

  • Para informar-se sobre os problemas conhecidos do SDK para cliente e servidor do Flash Access, visite http://help.adobe.com/en_US/flashaccess/3.0/releasenotes.html

Outro

 

Autoria no Flash Player 11

Para usar o novo Flash Player, você precisará visar a versão 13 do SWF passando um argumento extra para o compilador Flex: -swf-version=13. As instruções encontram-se a seguir.
Se estiver usando o Adobe Flex SDK:

  • Faça download do novo playerglobal.swc para Flash Player 11.
  • Faça download do Flex 4.5 SDK (4.5.0.20967) da tabela Flex 4.5 SDK.
  • Instale a versão em seu ambiente de desenvolvimento
    • No Flash Builder, crie um novo projeto do ActionScript: Arquivo -> Novo -> Projeto ActionScript.
    • Abra o painel Propriedades (clique com o botão direito do mouse e escolha 'Propriedades'). Selecione 'Compilador de ActionScript' na lista à esquerda.
    • Use a opção 'Configurar Flex SDK' no canto superior direito para apontar o projeto para o Flex versão 20967. Clique em OK.
  • Configure seu projeto para visar a versão 13 do SWF
    • Abra o painel Propriedades (clique com o botão direito do mouse e escolha 'Propriedades'). Selecione 'Compilador de ActionScript' na lista à esquerda.
    • Adicione à entrada 'Argumentos adicionais do compilador': -swf-version=13. Isso garante que o SWF de saída vise a versão 13 do SWF. Se você compilar na linha de comando e não no Flash Builder, precisará adicionar o mesmo argumento do compilador.
    • Assegure-se de ter instalado a nova compilação do Flash Player 11 em seu navegador.

Autoria no AIR 3

Atualize para o espaço de nome AIR 3.0. É preciso atualizar o arquivo descritor de aplicativo para o espaço de nome 3.0 para acessar as novas APIs e o comportamento do AIR 3.0. Se seu aplicativo não exigir as novas APIs e o comportamento do AIR 3.0 APIs, não será necessário atualizar o espaço de nome. No entanto, recomendamos a todos os usuários começar a usar o espaço de nome AIR 3.0, mesmo que você ainda não esteja aproveitando os novos recursos do 3.0. Para atualizar o espaço de nome, altere o atributo xmlns em seu descritor de aplicativo para:

<application  xmlns="http://ns.adobe.com/air/application/3.0">  


Requisitos de sistema

Para conhecer os requisitos de sistema atuais do Flash Player, visite http://www.adobe.com/br/products/flashplayer/systemreqs/

Para conhecer os requisitos de sistema atuais do AIR, visite http://www.adobe.com/br/products/air/systemreqs/

Para conhecer os requisitos de sistema do Flash Access (cliente e servidor), visite http://www.adobe.com/products/flashaccess/systemreqs/

O Flash Player 11 tem os seguintes requisitos mínimos de sistema:

 

Windows

Macintosh  

Linux

Solaris

Android 

Processador

Processador compatível com x86 de 2,33 Ghz ou mais rápido ou processador Intel® Atom™ de 1,6 GHz ou mais rápido para dispositivos da classe netbook

Intel® Core™ Duo de 1,83 GHz ou processador mais rápido

Processador compatível com x86 de 2,33 Ghz ou mais rápido ou processador Intel Atom™ de 1,6 GHz ou mais rápido para dispositivos da classe netbook

1600 MHz Sun™ UltraSPARC® IIIi ou um processador mais rápido

Processador ARMv7 com FPU de vetor, mínimo de 550 Mhz, OpenGL ES2.0, decodificadores H.264 e AAC por hardware

Sistema operacional 

Microsoft® Windows® XP (32 bits), Windows Server® 2003 (32 bits), Windows Server 2008 (32 bits), Windows Vista® (32 bits), Windows 7 (32 e 64 bits)

Mac OS® X 10.6 e Mac OS X 10.7

Red Hat® Enterprise Linux (RHEL) 5.6 ou posterior (32 e 64 bits), openSUSE® 11.3 ou posterior (32 e 64 bits), Ubuntu 10.04 ou posterior (32 e 64 bits)

Solaris™ 10

Android 2.2, 2.3, 3.0, 3.1 e 3.2

Navegador

Internet Explorer 7.0 e superior, Mozilla Firefox 4.0 e superior, Google Chrome, Safari 5.0 e superior, Opera 11

Safari 5.0 e superior, Mozilla Firefox 4.0 e superior, Google Chrome, Opera 11

Mozilla Firefox 4.0 e superior, Google Chrome

Mozilla Firefox 4 e superior

Navegador da Web Android

Memória

128 MB de RAM (1 GB de RAM recomendado para dispositivos da classe netbook), 128 MB de memória gráfica

512 MB de RAM, 128 MB de memória gráfica

512 MB de RAM, 128 MB de memória gráfica

2 GB de RAM

256 MB de RAM 

O AIR 3 tem os seguintes requisitos mínimos de sistema:

 

Windows

Macintosh  

Android 

iOS

Processador / Hardware de dispositivo

Processador compatível com x86 de 2,33 Ghz ou mais rápido ou processador Intel Atom™ de 1,6 GHz ou mais rápido para dispositivos da classe netbook

Intel® Core™ Duo de 1,83 GHz ou processador mais rápido

Processador ARMv7 com FPU de vetor, mínimo de 550 Mhz, OpenGL ES2.0, decodificadores H.264 e AAC por hardware

iPod Touch (3ª geração) modelo de 32 GB e 64 GB, iPod Touch 4, iPhone 3GS, iPhone 4, iPad, iPad 2

Sistema operacional 

Microsoft® Windows® XP, Windows Server® 2003, Windows Server® 2008, Windows Vista® Home Premium, Business, Ultimate ou Enterprise (inclusive edições de 64 bits) com Service Pack 2 ou Windows 7

Mac OS® X 10.6 e 10.7

Android 2.2, 2.3, 3.0, 3.1 e 3.2

iOS 4 e superior

RAM

512 MB de RAM (1 GB recomendado)

512 MB de RAM (1 GB recomendado)

256 MB de RAM 

 -

 

Relato de problemas

Encontrou um bug? Por favor, envie qualquer bug ao banco de dados de bugs do Flash Player e do Adobe AIR.

O Flash Player e o AIR podem ser valer de seu hardware gráfico para decodificar e reproduzir vídeo H.264. Pode haver problemas de vídeo que podem ser reproduzidos somente com seu hardware gráfico e driver específicos. Ao relatar um problema que envolva vídeo, é essencial mencionar seu hardware gráfico e driver, bem como seu sistema operacional e navegador (ao usar o Flash Player), para que possamos reproduzir e investigar os problemas. Não deixe de incluir essas informações, conforme descrito em Instruções para relatar problemas de reprodução de vídeo. Observação: devido ao grande volume de emails recebidos, não podemos responder a todas as solicitações.

Obrigado por usar o Adobe Flash Player e o AIR e por nos enviar seu feedback!


ID do documento
(cpsid_91932)

Última atualização em
2011-11-04

Adobe Community Help

Tags

Contatar o suporte da Adobe

Ainda precisa de ajuda?
Saiba mais sobre todas as opções de suporte.
Contato de suporte